Notícias

Notícias

Nater Coop mira expansão na área de transportes de cargas e passageiros por meio da Vexgo

Compartilhar

Vexgo é a marca criada para identificar a intercooperação com a Coopetranserrana, cujo faturamento cresceu 65% em 2023; o número de cooperados aumentou 54%

A fim de fortalecer a logística no transporte de insumos para os produtores e a captação da produção dos cooperados, há dois anos a Nater Coop atua em intercooperação com a Coopetranserrana, especializada nesse tipo de serviço. Essa parceria acaba de se fortalecer com a criação da Vexgo, marca que passa a identificar a operação.

A Cooperativa de Transporte deve encerrar 2023 com faturamento de R$ 60 milhões, 65% maior que o registrado no ano anterior, impulsionado pela operação de cargas. Em 2024, a expectativa é superar os R$ 70 milhões. O número de cooperados saltou de 416 para 782 neste último ano, com crescimento de 54%. Foram 117 mil toneladas de mercadorias e 4.650 alunos transportados no ano.

A Vexgo já opera em Baixo Guandu, Ibiraçu, Nova Venécia e Santa Maria de Jetibá, no Espírito Santo; e em Caratinga, Minas Gerais. Em 2024, o plano é expandir para a Grande Vitória e Santa Teresa, além de algumas cidades da Bahia. No segmento de cargas, a movimentação envolve rações, adubos, leite, café, produtos lácteos e outras cargas.

“A intercooperação é um dos sete princípios do cooperativismo e a Vexgo representa um olhar de inovação para esse processo, fortalecendo a perenidade das duas cooperativas”, salienta Marcelino Bellardt, diretor-geral da Nater Coop. Ele acrescenta que a operação conjunta agrega agilidade e inteligência à logística de transportes. “A gestão da Coopetranserrana carrega traços da gestão da Nater Coop, recentemente reconhecida como a maior cooperativa da área de agricultura e pecuária no Espírito Santo”, enfatiza Bellardt.

Para fazer frente aos desafios de expansão, a Vexgo está modernizando sistemas de gestão. Planeja ampliar em 25% o transporte de passageiros e crescer também no transporte de cargas. O time foi reforçado ao longo do ano, com aumento superior a 30% no efetivo.