Nater Coop realiza segunda colheita do Programa de Silagem de Milho, em Boa Esperança

Compartilhe:

A Nater Coop realizará no próximo dia 26 de abril a segunda colheita do seu Programa de Silagem, um projeto pioneiro no estado que oferece soluções vitais para os desafios enfrentados pelos produtores de leite durante os períodos de seca. Com essa nova colheita em Boa Esperança, a cooperativa está pronta para ajudar a resolver um dos principais gargalos na produção leiteira da região.

Desde 2023, a Nater Coop vem implementando um projeto inovador focado em fornecer silagem de milho aos seus cooperados, com o objetivo de suprir a necessidade de volumoso conservado para alimentação animal. O presidente da Nater Coop, Denilson Potratz, destaca a importância desse programa pioneiro: “Nosso Programa de Silagem é uma solução essencial para garantir a alimentação volumosa dos animais durante o período de seca, especialmente para os produtores que têm limitações de espaço para o plantio.”

O diretor geral da Nater Coop, Marcelino Bellardt, ressalta os resultados positivos alcançados no primeiro ano do programa, com um aumento significativo na produtividade das propriedades que adotaram a suplementação com silagem de milho. “No primeiro ano do programa, a alimentação adequada resultou em um aumento de 23% na produtividade em comparação com as propriedades que não utilizaram a suplementação com silagem. Isso demonstra claramente o impacto positivo que a silagem de milho pode ter na saúde e no desempenho do rebanho”, afirma.

Ao todo, 73 cooperados foram atendidos no primeiro ano do programa, com a entrega de 4.200 toneladas de silagem de milho. Esses números destacam o compromisso da Nater Coop em fornecer soluções práticas e eficazes para os desafios enfrentados pelos produtores locais.

Além da segunda colheita da roça de milho, a cooperativa tem mais um evento marcante no calendário: o “Dia Especial Silagem” em Boa Esperança, programado para o dia 29 de abril. Em parceria com órgãos como a Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (SEAG), a Biomatrix, o INCAPER e o Senar, serão oferecidas palestras a partir das 13h no auditório do CRAS, seguidas por uma visita à colheita de milho para silagem da Nater Coop.

Com iniciativas como o Programa de Silagem, a Nater Coop está transformando o panorama da produção agrícola no Espírito Santo, oferecendo soluções inovadoras e práticas para os desafios enfrentados pelos produtores locais.

Sobre a Nater Coop – A caminho de completar 60 anos em 2024, a Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Nater Coop) conta com mais de 21,8 mil cooperados, mais de 1.300 colaboradores e se relaciona com cerca de 30 mil produtores rurais. A instituição tem 40 lojas de produtos agropecuários no Espírito Santo e em Minas Gerais, além de rede própria de atendimento que inclui supermercado e postos de revenda de combustível. Fazem parte da Nater Coop as marcas Veneza (alimentos), Rações Coope (Nutrição Animal), Liva (ovos) e Pronova (café). A cooperativa, com sede em Santa Maria de Jetibá, é a maior do Espírito Santo na área do agronegócio (agricultura e pecuária) e exporta para mais de 20 países.

Posts relacionados